E se a Internet sofresse um colapso?

Autor: 
Jonathan Strickland

A Internet é robusta. Ela não depende de uma única máquina ou cabo. É uma rede feita por outras redes de computador.  Ela se espalha pelo globo. Conexões cruzam os continentes, sob os oceanos e pelo espaço via satélite. E à medida que a Internet cresceu, também cresceu nossa dependência dela.

O que aconteceria se a Internet sofresse um colapso?
© Baris Simsek /iStockphoto
O mundo está todo conectado via Internet. O que aconteceria se a rede sofresse um colapso?

As conexões da Internet são flexíveis. Quando você usa seu computador para contatar outra máquina na Internet, os dados podem passar por um dos milhões de caminhos. Sempre que você baixa um arquivo, ele vem para a sua máquina em pacotes de dados eletrônicos que viajam através da Internet. Os pacotes não pegam todos o mesmo caminho - as rotas de tráfego são dinâmicas. Se uma conexão em particular é danificada ou não responde, o dado pode seguir um caminho diferente para chegar até sua máquina.

Isso faz da Internet um recurso de comunicação confiável. Mesmo se uma seção inteira da Internet ficasse offline no caso de um desastre natural ou de um ataque nuclear, outras seções continuariam funcionais. Embora os dados armazenados nas máquinas atingidas pelo desastre pudessem se perder, a Internet em si permaneceria.

É quase impossível imaginar um conjunto de circunstâncias que poderiam provocar o colapso da Internet. Seria necessário um grau de destruição em tal escala que a perda da Internet provavelmente seria a menor das preocupações. Mas e se a Internet desmoronasse? Como isso nos afetaria? A vida mudaria drasticamente ou nós nos justaríamos rapidamente, baseados nos velhos meios de comunicação?